INTERESSADOS EM JOGAR, ACESSEM: http://orkutando.online/comunidade.php?com=2717
 
InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Catarina Oshua
Omega Game Master
Omega Game Master
avatar

Mensagens : 442
Data de inscrição : 30/06/2014

MensagemAssunto: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   24.01.15 2:12


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://rpgorkut.forumeiros.com
Basco Khassan
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 39
Localização : Beirut - Libano

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   02.02.15 4:28


"Espelho, espelho meu..."


TOMO I - A MAGIA CERTA

EM ALGUMA RUA DE PARIS



O INÍCIO DA NOITE PARECIA TRANQUILA. CASAIS DE NAMORADOS CAMINHAVAM E TROCAVAM CARÍCIAS. ALGUNS JOVENS FAZIAM SEU COOPER PELAS RUAS. UM CASAL DE IDOSOS PASSEAVA COM SEUS CÃES. POUCOS CARROS CIRCULAVAM PELA CIDADE. JAMAIS PODIAM IMAGINAR QUE SUA BELA E QUERIDA PARIS FORA AMEAÇADA POUCAS HORAS ANTES POR CICLOPES, MORTOS-VIVOS E GAFANHOTOS. COMPREENSÍVEL QUE NÃO SE LEMBRASSEM DE NADA, POIS APENAS TRÊS PESSOAS EM TODA A PARIS DETINHAM ESSE PRIVILÉGIO!
PRÓXIMOS A UM VELHO HOTEL NOS ARREDORES, ESSES TRÊS INDIVÍDUOS PARECIAM ALHEIOS A TODA AQUELA CALMARIA, PORÉM, GUARDAVAM PARA SI A AVENTURA PELA QUAL ACABARAM DE PASSAR. UM HOMEM OS OBSERVAVA À DISTÂNCIA. ASSIM QUE SE SEPARAM, O INDIVÍDUO MISTERIOSO SEGUE DOIS DELES PELAS RUAS (NICK E HELENA). LOGICAMANTE ELES PERCEBEM QUE ESTAVAM SENDO SEGUIDOS E TENTAM DESPISTAR O HOME. AO DOBRAREM EM UMA ESQUINA CHEGAM A UMA PONTE E COMEÇAM A ATRAVESSÁ-LA. MAL PERCEBEM QUANDO O HOMEM SURGE BEM À FRENTE, NO MEIO DA PONTE. ELE SORRI E CONVERSA COM HELENA E NICK.



...Lutaram maravilhosamente contra esses seres místicos. Antes que perguntem, sim eu observei tudo, à distância e não me esqueci de nada assim como vocês. Não me conhecem, mas eu os conheço bem... Guardiões da História! Está na hora de lembrar quem realmente são!

O HOMEM MANIPULA O AR AO REDOR DOS DOIS. UMA NUVEM ROXA OS ENVOLVE POR ALGUNS SEGUNDOS LIBERANDO SUAS MEMÓRIAS A MUITOS ESCONDIDAS.




2014. BASE AÉREA DE TEL AVIV, ISRAEL.



MAIS UMA MISSÃO BEM SUCEDIDA FOI REALIZADA PELA NOVA GERAÇÃO DE GUARDIÕES DA HISTÓRIA. GRAÇAS A ELES A HISTÓRIA DO INÍCIO DAS EXPLORAÇÕES PORTUGUESAS E UMA DAS MAIS IMPORTANTES RELIGIÕES MONOTEÍSTAS DO MUNDO SEGUIRAM O SEU CURSO. INFELIZMENTE ALGO SAIU ERRADO. NA ÚLTIMA JORNADA UMA MAGIA ANTIGA FOI USADA CONTRA OS GUARDIÕES. ELA VISAVA LANÇÁ-LOS NO ESQUECIMENTO DA HISTÓRIA HUMANA OU SIMPLESMENTE JOGÁ-LOS EM ALGUM PONTO DESCONHECIDO DE UM UNIVERSO PARALELO. HELENA FOI PARAR EM PORTUGAL E FORA RESGATADA. NICK SURGIU NA FRANÇA ATUAL E SE VIU ENVOLVIDO NA TRAMA QUE OS REUNIU A OUTROS SERES PODEROSOS. QUANTO A JOHN, CALLISTO E MADELYNE O PARADEIRO AINDA ERA INCERTO! CARTER E SHEPPARD TENTAVAM ENCONTRÁ-LOS A TODO O CUSTO! HELENA HAVIA RETORNADO A BASE DE ISRAEL ONDE DESCOBRIRA QUE UMA MISSÃO NO PRESENTE EXIGIA SUA PRESENÇA. QUANDO CHEGA A PARIS PARA CUMPRIR A MISSÃO. ALGO ACONTECE. NA CIDADE, TANTO ELA QUANTO NICK SÃO ENVOLVIDOS EM UMA MAGIA PODEROSA QUE OS FEZ ESQUECER O PASSADO RECENTE. LÁ, HELENA REENCONTRA IORAN VIVO COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO. UMA ILUSÃO TALVEZ. NA VERDADE ESSA FACHADA CONTINUARIA ASSIM, CASO UM HOMEM MISTERIOSO, EM VISITA À FRANÇA, NÃO SENTISSE O PESO DA MAGIA EM TODA A PARIS. SEU NOME: DR. ESTRANHO, O MAGO SUPREMO! E AQUI... COMEÇA A NOVA JORNADA!

A NÉVOA ROCHEADA SE DISSIPA E HELENA E NICK AGORA LEMBRAM DE TUDO! O DOUTOR SE APROXIMA UM POUCO MAIS.



... Sei que é muito para digerirem de forma tão rápida, mas nosso tempo é curto. Paris foi apenas um experimento. Isso está acontecendo em algumas outras partes do mundo. A magia está criando “pontes” entre os planos e seres mágicos ou que para nós não passavam de contos de fadas estão tomando forma! Sei o quanto os Guardiões da História são importantes para manter a barca do tempo andando e isso, meus amigos, pode fazer a diferença agora! Vocês precisam encontrar a origem desta magia e detê-la o quanto antes. Em diversas partes do mundo outros seres mágicos estão tentando manter as pontes fechadas e conter os encantamentos. Vejam:

,,,

SHAMAN ,,, TALISMÃ = CANADÁ




NIKO MINORU = JAPÃO




DOUTOR DRUIDA = INDONÉSIA




MAGIA = RÚSSIA



WICANNO = ÍNDIA




PUNHOS DE FERRO = ESPANHA




FEITICEIRA ESCARLATE = GUATEMALA




KYLUN = AFRICA DO SUL



ROMA = EUA




...Infelizmente não irão conseguir isso por muito tempo.  (ESTRANHO MANIPULA O AR E UM PORTAL SE ABRE SOBRE A PONTE ENQUANTO UMA FORTE CHUVA COMEÇAVA). – Outros aliados já estão no outro plano. Eles irão ajuda-los na missão. Foram escolhidos por suas qualidades e personalidades fortes. Ficarei aqui mantendo o controle sobre a abertura que está sobre Paris. Agora vão!



NICK E HELENA COMPREENDEM A GRAVIDADE DA SITUAÇÃO E DECIDEM ACEITAR O DESAFIO! ANTES DE IREM, PORÉM, ESTRANHO ENTREGA UM PRESENTE A HELENA.



... Isto é para você minha cara! O jovem Nick possui poderes que o ajudarão no mundo que estão prestes a entrar, porém, sinto que você precisa de um auxílio extra. Este talismã irá ajudá-la neste reino mágico. E cuidado meus filhos... Podem ver coisas inacreditáveis aos olhos humanos comuns!


OS DOIS ATRAVESSAM O PORTAL. OS CAMINHOS ESTAVAM PRESTES A MUDAR!



O SOL ESTAVA A PINO E UMA PLANÍCIE EXUBERANTE PODIA SER VISTA POR TODOS. NICK E HELENA SÃO OS ÚLTIMOS A ATRAVESSAR O PORTAL. NA SUA FRENTE SEUS NOVOS AMIGOS JÁ OS AGUARDAVAM:


CHAPELEIRO LOUCO = Alguém peculiar para um mundo peculiar;
DEADEPOOL = Na certa acharia o lugar um parque de diversões;
LADY DEATH = Sua magia escura seria uma benção ou maldição neste lugar?
JOHN = Um rosto conhecido para Nick e Helena. Um Guardião da História de grande coragem!



ATRÁS DE TODOS ESTAVA A GRANDE PLANÍCIE E A SUA FRENTE À ENTRADA ESCURA DE UMA FLORESTA SINISTRA E NADA CONVIDATIVA. QUANDO FAZEM MENÇÃO EM SEGUIR PARA A PLANÍCIE, UMA VOZ NA ENTRADA DA FLORESTA CHAMA A ATENÇÃO DE TODOS:[/font]



- Porque estão indo na direção oposta? Achei que queriam encontrar a fonte da magia! Olha só...como sou mal educado. Nem me apresentei aos forasteiros...



Rumpelstiltskin ao seu dispor hehehehehehehe!


....
....
.....
......
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nick Bartowski
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 323
Data de inscrição : 15/11/2014
Idade : 22
Localização : Las Vegas / USA

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   02.02.15 12:02

O aço negro trabalhou toda aquela noite maluca em Paris, mesmo depois de saber que o portal para casa estava fechado, sua dimensão mão não estava por ali. Sadie foi procura-lo antes, junto de Zoey e desde então não conseguiram voltar. Algo estava errado. Porem o dever chamava, ajudou o máximo que pode, combateu Zumbis espectrais, um ciclope e até grafanhotos famintos junto a quatro figuras. Logo depois do fim, uma das pessoas, a mulher entre eles, parecia familiar, como se já tivesse uma lembrança dela. Foi quando encontrou ela, logo depois de perceber que estava sendo seguido. Abordado pelo Doutor Estranho daquele mundo o homem faz com que as lembranças de uma aventura recente invadam sua mente, algo que antes foi mascarado com um simples pedido de socorro pela Shield. Ele reconhece Helena e lembra bem dos companheiros, Jonh, Mad e Calisto. Estranho Mostrou o que acontecia naquele momento ao redor do mundo, algo como a magia fora do controle, apesar de uma fonte de poder aquilo era quase uma entidade que mantinha o equilíbrio com varias forças regentes no universo, dentro todas elas a magia, para Nick, era a mais injusta fonte de poder. Como Guardião da História não poderia recusar e junto a Helena Adentrou ao portal que Estranho o mostrou, dessa vez, nada de chave mestra. Do outro lado mais gente estava esperando. Viu um rosto conhecido, o que o deixou um pouco mais aliviado pois o paradeiro de sua antiga equipe era desconhecido, supos Nick que todos eram de tempos extremamente diferentes. Foi até Jonh e apertou sua mão forte. - É bom ver que você está inteiro, pistoleiro. -  Tinham uma decisão para tomar logo de Cara, escolher entre dois caminhos diferentes em direção a fonte de magica, até que um ser apareceu oferecendo ajuda, seu nome era Rumpelstiltskin. - Queremos, o que você sabe sobre a fonte? - Disse Nick, em tom pesado, mal conhecia aquela coisa e já oferecendo ajuda? era de no minimo desconfiar, apenas aguardou a resposta.




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   03.02.15 2:19

Depois de terminada a missão, o grupo fora dividido, tendo cada um lançado para um lugar oposto. John, por coincidência (ou não), fora transportado para sua casa, onde encontrou sua mulher e seu filho sãos e salvos. Aquele lugar não era mais seguro para eles. Segundo a antiga responsável pelos Guardiões, Sabra, os agentes matariam sua família de qualquer jeito. Por isso, decidiu que deveriam partir. Como não conhecia tão bem os lugares além daquele que sempre morou, e não possuía condições para mudar para tão longe (atravessar o Oceano), decidira partir para o Canadá.

O lugar era extremamente frio, mas trazia certas semelhanças com o seu, o que facilitariam as coisas. Tratou de conhecer os índios do lugar. Para ele, era o tipo de gente mais nobre que existia. Por isso, morara perto de uma tribo, onde acreditava estar em segurança e em boa companhia.

Determinada noite, o céu estrelado estava diferente. Todos os índios correram para fora observar. Percebendo a movimentação, John também. Parecia haver o fenômeno da aurora boreal. O que é comum na região norte do globo, mas a cor era completamente diferente. Um misto de verde e amarelo e imagens de seres esquisitos se movendo. Um raio saído de parte do céu atingiu o solo. Depois que a fumaça se dissipou, foi possível notar a imagem de um homem. Também de aparência ameríndia. Todos os outros índios curvaram-se. Percebendo que deveria fazer o mesmo, John também se ajoelhou.

—— Por favor. Não há necessidade disso. Levante-se, John.

Sem demora, o cawboy atendera o pedido.

—— Meu nome é Michael Twoyoungme, mas pode me chamar de Shaman. O mundo corre grande perigo. Precisamos de você.

—— Já ouvi isso antes, moço.

—— Sim, e você provou o seu valor. Mas novamente se faz necessário. A ameaça é ainda maior. Você não quer garantir um futuro para sua esposa seu filho?


Esses “caçadores de talentos” sabiam como convencer John. Mesmo sem esboçar reação alguma, o vaqueiro fez um sinal para ele aguardar um instante. Voltou à sua cabana e ficou lá por cerca de três ou quatro minutos, despedindo-se de sua família, e quando saiu, com sua roupa de ação, despediu-se dos índios por quem tinha grande estima. Aproximou-se novamente do místico.

—— Vamos.

As mãos do mago energizaram-se com uma cor azulada. Em seguida, todo o seu corpo. Ele começou a flutuar e dobrou as pernas. Fechou os olhos e um portal da mesma cor se abriu.


—— Vamos.

Marston adentrou o portal e sem demora surgiu no meio de dois cenários. Foi aparentemente o primeiro a chegar. Os cenários eram bem opostos: de um lado, uma planície; do outro, uma floresta densa. Observou. Era como se tivesse que fazer uma escolha. Por sorte, não teria de ser uma escolha solitária. Aos poucos surgiam os outros membros da equipe. Deles, lembrava-se da mulher de olhos azuis como o mar (Helena) e Nick, o rapaz flamejante. Este veio lhe cumprimentar. John sorrira e respondia o aperto de mão, colocando a outra mão no ombro do rapaz.

—— Digo o mesmo, fogueira.

Não, John não era bom em criar apelidos, mas estava realmente contente em ver que ele estava bem – e que também estava nessa nova empreitada. O momento foi interrompido pela presença sinistra de Rumpelstiltskin, indicando o caminho oposto. O caminho da floresta densa. Com ar de desconfiança e com a mão já em seu coldre, John reforçou o questionamento feito por Bartowski.

—— E o que há na direção oposta?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   03.02.15 10:29



Gritos. Lamúrias e tormentos. Tudo o que consigo ouvir neste plano são os gritos dos condenados. Uma eternidade de dor e angústia sem fim. Meu novo “cão de guarda” está fazendo bem o seu papel. Spawn é um soldado leal, claro que prometer-lhe a saída desde mundo de trevas está ajudando! Talvez seja por isso que Malebolgia não tem falado comigo. Pouco importa, pois as coisas irão mudar por aqui e...


Tem alguma coisa errada! Alguém está abrindo um portal. Mas quem seria tão insano a ponto de...


Illyana Rasputin! A filha do inferno em meu palácio?




"Já não uso mais esse título Lady Death!"


A que devo a honra?



"Vim cobrar-lhe um favor!"

E foi assim que vim parar neste mundo cercado de magia por todos os lados! Meus novos colegas? Bom o que posso dizer? Mortais apenas. Alguns com um poder dentro de si que pode ser útil até para mim. Rasputin contou-me que o mundo, nosso mundo, está sendo invadido por criaturas místicas e que estão vindo deste lugar! Não me admira sentir tantos escudos mágicos sendo levantados ao redor da terra. Mas se não são dos céus e nem das trevas que conhecemos. Que lugar será este afinal?

Para nossa surpresa somos recebidos por uma estranha figura. Nosso anfitrião é no mínimo curioso, já que leva o nome de um personagem de conto de fadas! Deixei meus colegas fazerem as perguntas que queriam enquanto tento sentir o que a floresta a nossa frente guardava de “bom”

Voltar ao Topo Ir em baixo
Helena Mayer
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 01/10/2014

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   03.02.15 21:05


A viagem a Paris foi intensa, muito intensa. A história de Sherazade era uma das minhas preferidas na infância. Eu estava me sentindo estranha. Estava ao lado de Mina, Francine,Maré, Nick, mas faltava alguém. Quem estava faltando? Sentia um vazio incomodo no meu coração. O que era?

Vi que Nick seguia para algum lugar desconhecido, perguntei se podia acompanha-lo. Estava me sentindo sozinha, não queria voltar para o hotel. Andávamos em direção a nada, mas Nick me alertou de estarmos sendo seguidos, oque seria agora? Eu estava exausta. Nick me direciona para uma esquina, iríamos despistar a pessoa, mas para nossa surpresa ele nos surpreende. Antes que eu pudesse perguntar quem era ele o homem disparou a falar. Comentou daquilo que somente quem viveu deveria saber e nos chamou de Guardiões da História? Franzi a testa, deve ser um louco.

Uma névoa roxa envolve a mim e Nick e lembranças inundam minha cabeça. Encontro ali o que me fazia sentir sozinha, Ioran, meu querido Ioran. Revejo coisas pelas quais passei e um aperto invade meu coração, onde estaria Ioran? Abaixo a cabeça entre as pernas e respiro fundo. Não podia suportar tanta coisa ao mesmo tempo. Alguns minutos me são dados até que o homem retorna a falar. Ele nos explica coisas mirabolantes, incríveis, não tenho como dizer não. Portal, viagem no tempo, torci os lábios e respirei fundo.

— Tudo bem!

Antes que eu pudesse entrar pelo portal o homem me da um cordão de ouro com um pingente interessante. Olho o mesmo com curiosidade, mas não tempo de agradecer. O aviso de Estranho causa –me arrepios.

Do lado de lá do Portal

Olhei as pessoas ali presentes, não me lembrava de nenhuma delas até que meu olhar pousou num cowboy. Jamais me esqueceria dele. Não ligando muito para leis de etiqueta vou até ele e lhe dou um abraço apertado. Sorrio.


— Quem bom vê-lo, como está? E sua família?

Afasto-me um pouco envergonhada e olho os demais, cumprimento um por um estendo a mão com simpatia.

— Prazer, Helena.

As paisagens eram opostas, é claro que seguiríamos pela planície, apesar de que um local aberto era bem mais perigoso. Seja lá oque iríamos enfrentar nos faria ficar mais vulneráveis. Quando fizemos menção de seguir em frente algo ou alguém ou alguma coisa nos parou. A voz era fina e não me trazia nenhuma confiança, porém ele pronunciou algo que fez todos se interessarem. Nick foi o primeiro a se manifestar, em seguida foi a vez de John. Observei as perguntas e olhei a criatura à minha frente. Ele era personagem da mulher transformava palha em ouro. Lembro que a quebra da magia era nunca esquecer o nome dele. A mulher branca e pelada parecia fazer uma sondagem mágica pelo local. Preferi manter meu silêncio. Aproximei-me de John e perguntei baixo.

— Importa-se de colocar isto em mim?

Mostrei o talismã para ele e solicitei que ele o prendesse em meu pescoço. John era um ótimo amigo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   04.02.15 15:58

Deadpool caminhava pelas ruas da bela paris enquanto procurava algo para fazer até,que
foi mandado para um local desconhecidos,o mesmo se vê diante de várias pessoas,algumas conhecidas e outras nem tanto assim,o mercenário tagarela,respira fundo e olha para Rumpelstiltskin e solta uma de suas piadas como sempre fez.


- Maravilha,agora eu estou em OZ,cara como isso é interessante....quero somente ver como vou acabar depois disso aqui,com um braço faltando ou uma perna....

Wade observa o local de contos de fada,aquele ambiente o deixava maluco e entediado,mais ele se anima quando vê as mulheres que estavam junto com a equipe,então o mesmo se acalmou um pouco e ficou fitando todas elas enquanto pensava em qual delas iria lhe dar bola.

- ''Aquela albina ali me chamou a atenção....mais parece perigosa demais.''

Assim o mesmo voltou a focar em Rumpelstiltskin,esperando algo acontecer como de praxe para ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   05.02.15 17:41

A vida é uma caixinha de surpresas. Em um minuto você está roubando um banco, enganando um morcegão de capuz e capa ou ainda preso em uma cela. No meu caso, passei pelos três recentemente. Talvez por isso segui os conselhos do meu psiquiatra antes dele morrer (longa história) e resolvi deixar Gothan City! Acho que respirar ares novos era o que eu precisava. Um lugar onde Batman ou o fedelho prodígio não sejam assim, tão populares. Um lugar onde a concorrência com a classe de vilões não seja tão grande. Talvez por isso eu tenha escolhido a Espanha para um recomeço, afinal de contas, quantos heróis espanhóis você conhece? A única coisa estranha é que já estou há dois dias na cidade de Madri e nada do morcegão. No mínimo curioso. Enfim, já passavam das 22hs e alguns cafés ainda estavam abertos. Resolvi parar em um para tomar um chá. Um tremendo erro. Aquilo não era chá e sim, água de esgoto!!



= Garçom, você serve isso para sua mãe beber? Quer matar a velha de desgosto?


Claro que ele não entendeu lhufas do que eu disse. O idiota apenas sorria feito um porco! Resolvi passar em uma floricultura e pegar algumas flores. Afinal um chá de flores silvestres precisa de um toque colorido em sua essência. Apesar de estar gostando de Madri, eu sentia falta de algo. Talvez fosse as sirenes da polícia, os corpos mutilados ou até mesmo... Do Batman. O fato é que aquilo estava se tornando um tédio. Quantas lanchonetes eu teria que entrar até ter um atendimento ou chá decente? Foi aí que tive a idéia:

= Eureka! Vou montar a minha própria casa de chá!


Evidentemente que para isso eu precisaria de capital. Voltei ao Hotel, coloquei minha melhor roupa e meu melhor chapéu. Minutos depois estava em frente a um banco qualquer.





Não foi difícil controlar as mentes dos guardas para que desligassem os alarmes e me convidassem a entrar. Tirando o fato de nenhum herói estraga prazeres aparecer, aquilo estava ótimo. Os guardas foram muito gentis em encher as sacolas e colocar em um belo camaro negro que consegui minutos antes. Foi quando vi aquele encapuzado pela primeira vez, o tal Punhos de Ferro. Não tinha jeito e nem sotaque espanhol. Pensei que se tratasse de outro fantasiado da Liga da Justiça, afinal o grupinho do morcego mais parece um abre alas de escola de samba brasileiro! Mas ele era diferente. Contou fatos da minha vida, ou seja, deu toda minha ficha corrida e não se esqueceu dos detalhes e fez uma única pergunta:

Não gostaria de fazer parte de algo grande em uma terra onde os contos de fada podem se tornar realidade? Precisamos de pessoas que acreditem que a magia dos contos de fada sejam reais. Você, meu caro Chapeleiro, é uma delas!


= Como faria isso? Já tentei diversas vezes cruzar a fronteira dos mundos e isso jamais foi possível. Como você...


A questão é que eu posso fazê-lo. Esta é sua chance de ver quem você mais ama.


= Alice?


E então?


= Aceito!


Aceitei logo depois de ler sua mente. Aquilo era um campo de treino chinês ou sei lá o que! Ele parecia ter um treinamento de kung fu misturado à magia. Por um breve momento vislumbrei o que ele estava fazendo. Contendo uma invasão de criaturas de um reino distante e que em nosso mundo não passam de contos de fada!
Um portal ele abriu com os próprios punhos. O cumprimentei e atravessei em seguida, sem muito questionar, afinal de contas, se ele estava tentando impedir que tais criaturas passassem para o nosso mundo, creio que eu teria mais sucesso do lado de dentro fazendo exatamente o contrário... Deixando que passem! EXPLÊNDIDA IDEIA! A uncia coisa que o Kung Fu esqueceu de mencionar é que eu teria companhia das pessoas mais estranhas que já vi. Uma jovem menina pálida e uma mulher que mais parecia um cadáver. Bonita, mas um cadáver! Um cowboy, literalmente, um maluco fantasiado de vermelho e outro mais parecido com um samurai!

= Ai... Eu mereço!


Chegando no novo mundo, que era muito lindo por sinal, fomos surpreendidos logo de cara por uma figura amistosa e bem simpática. Não contive minha empolgação ao ve-lo.

Rumpleeeeeeee..... É uma honra conhecer o Senhor das Trevas! Sou o Chapeleiro e também seu fan!


Algo me diz que eu estava em casa afinal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Basco Khassan
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 39
Localização : Beirut - Libano

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   09.02.15 11:05



"A magia tem seu preço"




TOMO II - MALÉVOLA


EM UM REINO DISTANTE ... 20 ANOS ATRÁS



EM UM LINDO E FLORIDO BOSQUE, UMA MULHER CORRE. ELA ESTÁ AMARGURADA, TRISTE E SENTINDO-SE INDESEJÁVEL POR TODOS OS SERES DO REINO. 100 ANOS ANTES POR UM GOLPE INESPERADO DO DESTINO, ESSA MULHER FOI TAXADA, ERRONEAMENTE, COMO UMA HORRENDA FEITICEIRA PERVERSA POR SUAS IRMÃS E PELO REI DE SEU REINO. SENTINDO-SE A PIOR DAS CRIATURAS, PERMITIU QUE SEU CORAÇÃO FOSSE INVADIDO PELO LADO NEGRO. UM DESEJO DE VINGANÇA TOMOU-LHE CONTA E NO ÍMPETO DA RAIVA LANÇOU UMA MALDIÇÃO NA FILHA DO REI. AO COMPLETAR 16 A JOVEM AURORA ESPETARIA O DEDO EM UMA ROCA E MORRERIA. UMA DE SUAS IRMÃS CONSEGUIU SUAVIZAR A MALDIÇÃO TRANFORMANDO A MORTE EM UM SONO DE 100 ANOS ATÉ QUE A JOVEM FOSSE DESPERTADA PELO BEIJO DE UM AMOR VERDADEIRO. AGORA ELA TEMIA SER MORTA, POIS O DIA DO DESPERTAR DE AURORA CHEGOU E CASO ELA ACORDASSE, A MULHER VIRARIA PÓ! INFELIZMENTE UMA VEZ LANÇADA, UMA MALDIÇÃO NÃO PODERIA SER DESFEITA...SERÁ MESMO?


NO BOSQUE, MALÉVOLA, COMO FICOU CONHECIDA, NÃO SE CONFORMAVA COM SEU DESTINO CRUEL. ELA SENTA EM UMA PEDRA E OBSERVAVA O BOSQUE. SEU OLHAR DISTANTE PARECIA FADADO A CAIR NO ESQUECIMENTO ATÉ QUE... UM GALHO QUEBRADO DEMONSTRA QUE MALÉVOLA NÃO ESTAVA MAIS SOZINHA.



- Quem está aí? O que quer?


- Na verdade a pergunta seria... O que VOCÊ quer queridinha!


- Quem é você?


- Rumpelstiltskin e tenho a solução para os seus problemas!


- Já ouvi falar de você, mas do que está falando?



RUMPELSTILTSKIN CRIA UMA NÉVOA NO AR ONDE MALÉVOLA PODE VER A CHEGADA DE PHILIP AO CASTELO ONDE AURORA DORME O SONO ETERNO!



- A maldição que lançou sobre a princesa Aurora esta prestes a ser quebrada. O príncipe Philip neste exato momento está a caminho das ruínas do castelo onde a bela Aurora está em seu sono profundo. Assim que ele a beijar, você, minha cara, virará pó de estrela. Mas posso dar um jeito nisso.


- Não me faça rir. Uma vez lançada, a maldição não pode ser quebrada e...


- Posso enviar o Príncipe Philip a um reino distante. Um reino onde não existe magia e como consequência sua memória sobre o reino será apagada. A pequena Aurora dormirá, para sempre e você, minha cara, será grande novamente!


- Já ouvi falar de você, senhor. Sei que sempre pede algo em troca pelos seus “serviços”. O que você quer?


- Pense nisso como um investimento queridinha. Você não irá se tornar poeira cósmica e o reino será seu! Tudo o que desejo é uma pena de suas antigas asas... Sei que ainda possui uma única peça.


- Só isso? Nada mais? O que quer com ela?


- Isso, minha cara, não faz parte do acordo. E então... Estamos acertados?


MALÉVOLA ESBOSSA UM LEVE SORRISO E MANIPULA O AR AO REDOR PARA SEGUNDOS DEPOIS UMA PENA SURGIR DA COPA DE UMA DAS ÁRVORES E CAIR NA MÃO DE RUMPELSTILTSKIN. E ISSO NÃO É TUDO... TODA A FLORESTA MUDA! NO LUGAR DE UM BELO BOSQUE A FLORESTA ENCANTADA TOMA FORMA. UMA FORMA SINISTRA E AMARGURADA! O MAGO NÃO CONTÉM A SATISFAÇÃO EM FINALMENTE TER ESTE ÍTEM EM SUAS MÃOS.




EM SEGUIDA RUMPELSTILTSKIN DESAPARECE DA FRENTE DE MALÉVOLA E SURGE NA FRENTE DO PRÍNCIPE PHILIP!



- Desculpe rapaz. Não é nada pessoal.




ANTES DE DESAPARECER, RUMPELSTILTSKIN CRIA UM TREMENDO REDEMOINHO DE VENTOS QUE ENVOLVEM PHILIP E O FAZ DESAPARECER TAMBÉM!





HOJE:



OS 6 NOVOS GUARDIÕES DA HISTÓRIA SURGEM EM UM MUNDO COMPLETAMENTE DIFERENTE DO SEU. UM LUGAR ONDE A MAGIA É QUASE PALPÁVEL. NOSSOS HERÓIS FORAM ESCOLHIDOS A DEDO POR DIVERSOS SERES MAGICOS DO PRESENTE PARA IMPEDIR QUE ESTE MUNDO ENCANTADO INVADA O NOSSO MUNDO REAL. NÃO SE TRATA DE UM ATAQUE NO TEMPO, MAS UMA AMEAÇA MAIOR! A MISSÃO DELES NÃO SERÁ FÁCIL. ELES PRECISAM ENCONTRAR A ORIGEM DESTA MAGIA QUE TENTA INVADIR NOSSO MUNDO E DETE-LA. LOGO NA CHEGADA ELES ENCONTRAM UM SIMPÁTICO E MISTERIOSO ANFITRIÃO!



NickBartowski– Nick recuperou a memória das últimas aventuras, inclusive seu título como Guardião da História. Foi um dos primeiros a desconfiar do anfitrião que surgira na frente de todos e com razão. Sua pergunta não teve embromações e seguiu direto ao ponto: - Queremos o que você sabe sobre a fonte?
Rumpelstiltskin que estava sentado a uma pedra, ergue-se e com um pequeno salto fica frente a frente com Nick. Seus olhos eram escuros como o mais negro de uma noite sem estrelas e sua pele lembrava as escamas de um velho dragão. Ele não se nega a responder a pergunta de Nick, mas fica nítida que sua resposta obscurecia algo a mais: - Vocês estão na entrada da Floresta Encantada. O lugar em si já transborda do impossível e do inimaginável. O que procuram, decididamente está lá dentro meu amigo. Nisso posso lhe garantir!

John Marston – Após sua aventura como Guardião, a vida de John parecia que voltaria ao normal até ser encontrado pelo membro da Tropa Alpha canadense de nosso presente... O enigmático Shaman. Nosso cowboy sabia que sua bravura mais uma vez seria testada! Nesta nova terra, John reencontra seus amigos Nick e Helena. Um alívio rever rostos amigos na jornada. Quando Rumpelstiltskin surge, John primeiramente o vê como uma ameaça e não tira a mão do coldre. Claro que isso não fica alheio às observâncias de Rumpelstiltskin!
- O que há na direção oposta você pergunta? Coisas que seus olhos do velho oeste jamais sonharam em ver meu amigo!

Lady Death – Em seu reino do submundo, não chegou a ficar surpresa pelo “convite” da jovem mutante Magia. Pelo visto as duas já tiveram um passado sombrio unidas. Lady Death aceita sua missão para aparentemente pagar uma dívida com Rasputin. No novo mundo sente a magia assim que põe os pés nela. Lady não liga muito para o seu anfitrião. Enquanto Rumpelstiltskin respondia as perguntas de Nick e John seus olhos tentam invadir a floresta negra a sua frente. Subitamente nossa heroína da morte tem a mente invadida por vozes e visões... Visões de Rumpelstiltskin, uma mulher e uma pena! O anfitrião sente que Lady Death era mais do que aparentava. Seu sorriso some por alguns segundos quando seus olhos se cruzam!
- Ora o que temos aqui? A dama da morte em pessoa. A magia explode em você. Vai se sentir em casa, queridinha, acredite!

Helena Mayer – Helena demora alguns segundos para assimilar tudo o que estava acontecendo. Em um momento estava em Paris em uma nova aventura e com seu amigo Ioran. No outro descobre que tudo não passara de uma grande ilusão e que Ioran realmente perecera em combate na Judeia! Um misto de tristeza e força a ajudou para seguir em frente e atravessar o portal. Quando chega ao outro lado com Nick nota que o amuleto que ganhara do Doutor Estranho minutos antes brilhou por alguns segundos! A coisa fica mais estranha quando Rumpelstiltskin coloca seus olhos nele.
- Ora, ora, ora... O que temos aqui. No seu pescoço... Esta com um velho lembrete que as maldições existem minha pequena. Se eu fosse você, tomaria cuidado com ele!

Wade Wilson– Em Paris ouviu quase toda a conversa entre Estranho, Helena e Nick. Logicamente não escapou aos olhares do mago supremo que nem precisou convidá-lo a adentrar o portal! Estranho sorri. Conhecia Wade e sabia que seu dom e habilidades seriam uteis em um lugar como aquele.

Jervis Tetch – O Chapeleiro Louco tentava uma vida de crimes completamente nova... Na Espanha sem saber que os universos estavam unindo-se por causa da magia. Isso fez com que nosso simpático vilão tivesse um encontro inusitado com um guerreiro de outro universo... O Punhos de Ferro! A magia que circulava o rapaz chamou sua atenção para Jervis. Por alguma razão viu no vilão um potencial para a missão que estava para iniciar! Já o Chapeleiro ficara tentado a ver ao vivo e a cores sua amada Alice no... País das Maravilhas???
De todos os escolhidos, Jervis era o que mais parecia conhecer quem realmente era Rumpelstiltskin ao chama-lo de o Senhor das Trevas!

RUMPLE – para os mais íntimos – EXPLICOU QUE O RESPONSÁVEL PELA LIBERAÇÃO DA MAGIA NOS REINOS ESTAVA NO CENTRO DA FLORESTA ENCANTADA.



ELE É CONHECIDO COMO... O NADA. O VAZIO ENCARNADO DA MAIS NEGRA MAGIA! ELE ESTAVA ABRINDO OS PORTAIS DA FLORESTA E CRIANDO PASSAGENS PARA A TERRA. OS SERES QUE VIVEM AQUI, LÁ NÃO PASSAM DE CONTOS DE FADA, MAS QUANDO ATRAVESSAREM, NÃO SE SABE O ESTRAGO QUE FARIAM E SEGUNDO RUMPLE SERIA INREVERSÍVEL!


- Mas não se enganem meus caros. Para deterem este ser mágico precisarão da própria magia dos reinos encantados para derrota-lo. Quatro itens que estão perdidos nos quatro cantos da Floresta Encantada.


RUMPELSTILTSKIN ENVOLVE A TODOS EM UMA NEVOA ESVERDEADA E OS LEVA PARA DENTRO DA FLORESTA. O INÍCIO DELA. UMA BIFURCAÇÃO COM 2 ESTRADAS DE TIJOLOS AMARELOS.


- Para deterem o Nada, vocês precisarão da única pena das antigas asas arrancas de uma feiticeira, de um cálice sagrado dos reinos mais profundos, de uma escama de um velho dragão dos reinos incandescentes e a lágrima de um coração sincero do frio eterno. Mas lembrem-se... A ajuda que estou lhes dando tem um preço e no momento oportuno, queridinhos, irei cobrar!


NUM PISCAR DE OLHOS RUMPELSTILTSKIN DESAPARECE DEIXANDO NOSSOS HERÓIS COM MAIS DÚVIDAS DO QUE CERTEZAS. SEM MUITAS ALTERNATIVAS NOSSOS GUARDIÕES PRECISAM SE DIVIDIR EM 2 GRUPOS PARA GANHAR TEMPO.
QUANDO JÁ ESTÃO LONGE, FLORESTA ADENTRO. RUMPELSTILTSKIN RESSURGE NA BIFURCAÇÃO COM UMA ESTRANHA MULHER AO SEU LADO...



- Tem certeza que eles conseguirão?



- Não se preocupe queridinha. Eu sempre cumpro meus acordos!




TOMO III – O REINO DO AR





NICK , JOHN E LADY DEATH SEGUEM PELA ESTRADA ATÉ CHEGAREM NO MAIS IMPROVÁVEL... UM PÉ DE FEIJÃO QUE SE ESTENDIA ATÉ OS CÉUS E ESTAVA BEM NO MEIO DA ESTRADA. ANTES DE AO MENOS PENSAR EM SUBIR POR ELE, OUVEM ROSNADOS ANIMALESCOS POR DETRAS DA IMENSA BASE DO PÉ DE FEIJÃO. ERAM SETE DAS CRIATURAS MAIS HORRENDAS E ASQUEIROSAS QUE JÁ PUSERAM OS OLHOS. ESTAVAM PRESAS POR CORRENTES POR UMA MOÇA QUE APARENTAVA ESTAR MAIS MORTA DO QUE VIVA. BRANCA DE NEVE DESTRAVA AS COLEIRAS E DÁ A SUA ORDEM.




"Matem!"



EM SEGUIDA AS SETE CRIATURAS CORREM DESESPERADAMENTE AO ENCONTRO DE NICK, JOHN E LADY DEATH! SE ISSO NÃO BASTASSE, UM ROSNADO AINDA MAIOR VINHA DE CIMA, DAS NUVENS.


FOI TÃO RÁPIDO QUE MAL JOHN TEVE TEMPO DE VER QUANDO AS ENORMES GARRAS DE UM DRAGÃO VERMELHO QUE O AGARRAM PELOS OMBROS E O LEVAM PARA CIMA SUBINDO O PÉ DE FEIJÃO EM ESPIRAL!



QUANDO NICK FEZ MENSÃO DE AJUDÁ-LO QUASE É ACERTADO POR UM GOLPE DE ESPADA! O GOLPE SEGUINTE NÃO IRIA ERRAR!




"Eu, Mulan, não permitirei que você dê mais um passo. Minha espada o deterá!"



TOMO IV – O REINO DA TERRA


HELENA, WADE E CHAPELEIRO SEGUEM MATA ADENTRO QUANDO, AO LONGE, CONSEGUEM AVISTAR UM GRANDE CASTELO NA FLORESTA FECHADA.



PROVAVELMENTE UM DOS ITENS DESCRITOS POR RUMPLE ESTAVA LÁ. NO MEIO DA MATA FECHADA, ERA POSSÍVEL OUVIR PASSOS ENTRE AS ÁRVORES. TODA A ATENÇÃO PRECISAVA SER REDOBRADA. INFELIZMENTE ISSO NÃO OCORREU. POUCO ANTES DE PEGAREM A ESTRADA QUE DARIA ACESSO AO CASTELO, HELENA RECEBE UM DARDO NO PESCOÇO! EM QUESTÃO DE SEGUNDOS OS EFEITOS SÃO SENTIDOS. A MENINA ESTAVA SE TRANSFORMANDO. RAÍZES E FOLHAS SURGIAM NO LUGAR DE PERNAS E BRAÇOS! SE CONTINUASSE ASSIM, EM POUCO TEMPO ESTARIA ENRAIZADA NO SOLO. O SEGUNDO ATAQUE VEIO CONTRA WADE. DEZENAS DE ÍNDIOS O ATACAVAM COM FLECHAS, LANÇAS E MACHADOS ENCANTADOS. PARA CADA UM QUE ERA ABATIDO, DOIS SURGIAM CONTRA ELE! A RESPONSÁVEL PELO ATAQUE SUPREENDE O CHAPELEIRO PELA DESCRIÇÃO AO CHEGAR TÃO PERTO E DAR-LHE UMA RASTEIRA, SUBINDO EM CIMA DELE E DIRECIONANDO A PONTA AFIADA DE SUA LANÇA DIRETAMENTE SOBRE O PESCOÇO DO CHAPELEIRO! JERVIS TINHA A HONRA DE CONHECER A LÍDER DO CLÃ DA FLORESTA NEGRA... POCAHONTAS, A GUERREIRA!


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Basco Khassan
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 39
Localização : Beirut - Libano

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   09.02.15 11:55

Jogadores...ao chat! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nick Bartowski
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 323
Data de inscrição : 15/11/2014
Idade : 22
Localização : Las Vegas / USA

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   09.02.15 16:41

Nick estava tendo um dia difícil, a complicação em Paris e agora estando em outro mundo. Como tudo é complicado... Mas estava ali para ajudar, e iria fazer o máximo. Voltando de um Dejavu parecia que todos os integrantes da nova linha de frente dos guardiões da história tinham chegado, algumas caras conhecidas e outras nem tanto, principalmente do maluco com um chapel gigante e a mulher de poucas vestimentas, com certeza já tinha visto ela em algum outro lugar mas não recordava onde. A criatura que nos recebeu naquele mundo onde a magia transbordava foi extremamente irritante, pensou bem antes de sacar a espada e tentar fazer algo contra ele, manter o controle era primordial. Se tudo que precisávamos estava lá então esse seria nosso caminho, ele respondeu todas as perguntas, algumas de forma bem estranha e irritante, quando chegou perto de Helena e balbuciou toda aquelas besteiras Nick emitiu sua voz em alto e bom tom. - Estranho nunca daria a você um item amaldiçoado, Helena, se ele lhe concedeu isso é por que existe uma boa razão. - Ela não podia simplesmente jogar o item fora, mas ficava a critério dela, claro.
Tudo foi muito rápido, em um piscar de olhos uma nevoa esverdeada surgiu envolta do grupo e eles não estavam mais no lugar de antes, odiava esse tipo de teleporte, sua mão foi a espada já esperando algo para enfrentar mas nada aconteceu, apenas um caminho bifurcado e a criatura anfitriã falando mais um pouco. Ele parecia conhecer aquilo tudo, a impressão era que estávamos trabalhando para ele e isso deixava Nick ligeiramente irritado. Assim que o ser se desfez em fumaça magica e antes que todos pudessem tomar rumos diferentes, o garoto foi tomando a palavra. - Pessoal, vamos nos dividir, acho que uma divisão em dois grupos é mais sábio, Jonh e a moça vem comigo. - Apontou para Lady Mental - Helena, você toma parte com Deadpool e esse cara. Nem um de vocês teria poderes mentais? criar um link telepático seria a melhor opção agora. Madelyne bem que poderia estar nessa missão... - Lamentou o pirocinetico mas logo foi tomando rumo e saiu em disparada na estradada de tijolos amarelos, parecia um conto de fadas real.
Com Jonh e Lady em sua cola Nick manteve a guarda, já esperava que algo de ruim fosse acontecer antes mesmo de conseguir achar um dos quatro objetivos, fixou tudo na mente para não esquecer. Uma nevoa espessa foi se desfazendo no meio de toda correria e eles três puderam ver um grande pé de feijão, aquilo só podia ser brincadeira mesmo. Como X-men e Vingador já tinha visto muita coisa mas aquilo era sacanagem. A base da enorme planta era guardada por uma figura estranha, parecia portar muitos cachorros em coleiras, a luz não refletia nada aquilo, até que os olhos alcançaram a vista da morta viva junto com 7 duendes raivosos, estavam em um filme de terror com as princesas da disney? PUTZ. O ataque veio e Nada puderam fazer a não ser criar uma defesa imediata. Nick levantou suas mãos já em chamas e subiu barreiras de fogo alta o suficiente para que os anões não pudessem pular, puxou sua espada das costas pronto para qualquer investida, mas um rugido vindo dos céus revelou um dragão, esse seria o dragão que precisávamos? Seus pensamentos foram interrompidos quando uma moça desceu em disparada contra sua espada, o som do encontro dos metais ecoou pelo lugar mas Nick conseguiu jogar a mulher longe para criar um contra ataque.

- Tsc - Disse quando ouviu sua voz, já tinha assistido todos esses filmes de princesa com sua filha, era meio estranho pensar que chegaria em casa e diria a ela que talvez tivesse matado todas as princesas que ela adorava. Foi quando Mulan partiu pra cima novamente , os golpes foram fortes e precisos porem a defesa também, defendi pela direita e pela esquerda com velocidade e ainda investi pela lateral fazendo a mesma recuar, Jonh estava sendo levado pelo dragão para o topo do pé, queria subir em disparada mas não podia deixar Lady sozinha para lutar contra todas aquelas criaturas. Tomou proximidade de Lady e tentou falar alto o bastante para que ela pudesse ouvir. - Temos que acabar com isso rápido, consegue criar um tipo de distração que de uma brecha pra nós subirmos? eu consigo voar em alta velocidade. - Antes que ela pudesse responder o garoto decidiu atacar o Zumbi de espada com um golpe lateral rápido e mortal, sua lamina negra já estava coberto de chamas, pra aumentar o dano. Então ele partiu, segurava a espada com uma unica mão e deixava a lamina fazer todo o trabalho, a seu cargo só a velocidade e força eram necessários, começou sua investida com o golpe mortal porem não parou só ai, continuou a dispara golpes por todos os lados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   10.02.15 0:45

Retribuiu o abraço apertado de Helena. Não se conheciam de muito tempo, mas quando se viaja entre dimensões, tempo e espaço, as poucas pessoas ao redor devem se tornar aquelas em que mais confia e tem apreço. Por isso sorriu para ela, enquanto ajudou-a a colocar o enigmático colar – colar este que fora alvo de interesse de Rumpelstiltskin. Nick foi audaz o suficiente em ajudar Helena a entender o motivo de ser a portadora de tal artefato. Não poderia se deixar levar pelas ardilosas palavras do “anfitrião”.

Sem demora o grupo foi dividido. Deveriam ir em busca de alguns elementos/artefatos necessários para destruir o Nada, aparente causador de todo o caos entre o mundo real e o mundo mágico. Assim, depois de caminhar alguns instantes, atrás de um gigante pé de feijão (como na história), uma mulher de pele branquíssima (ainda mais que a companheira de equipe Lady Death) surgira, segurando espécies de coleiras que prendiam alguns pequenos demônios (sete no total). Com a pronúncia da palavra “Matem!”, John rapidamente levou a mão até o coldre, onde começaria a disparar. Contudo, foi pego pelo ombro, por uma criatura que jamais imaginou existir...

—— O que...?

Quando virou-se para olhar, já no ar enquanto era puxado, viu que tratava-se de um enorme dragão vermelho. Não sentiu medo pois não conseguia acreditar que aquilo fosse real. Por que ele não matou o cawboy de uma vez? Sem mais delongas, lembrou-se do que o ardiloso Rumpelstiltskin dissera: “...uma escama de um velho dragão dos reinos incandescentes”. Não sabia se este era um dos reinos incandescentes, mas era um dragão, e isso já era um começo. Por isso, virou o corpo e começou a escalar a pata que o agarrava (caso conseguisse desvencilhar-se), até que conseguisse chegar à “nuca” dele.

Não seria uma tarefa fácil, pois além de se movimentar, a criatura subia em uma velocidade grande. De qualquer jeito, caso conseguisse escalar sem maiores problemas, John, sentado na nuca do dragão (com um vaqueiro que monta um cavalo), puxaria o seu revolver e encostaria o cano da arma na pele do ser. Em seguida, dispararia, quantas vezes fosse necessário para abatê-lo, e assim, lá embaixo, conseguiriam pegar um pedaço da escama da criatura e reencontrar os outros a fim de encontrar os outros objetos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   10.02.15 11:43

Sou adepta dos contos de fada. Li todos os possíveis. Confesso que adoro seus momentos de prazer. Quando digo isso, me refiro aos vilões, claro. Odeio a parte melosa dos finais felizes e o tal beijo do amor verdadeiro. Simplesmente isso é de embrulhar o estômago. A floresta detinha um poder muito grande e quase palpável. Aquilo estava muito além dos meus poderes mágicos. Era quase surreal. A estrada a nossa frente em meio as grandes árvores negras cheirava a dor e angústia. Tão grandes quanto o meu reino. Foi quando aconteceu. Meus olhos cruzaram os de Rumpelstiltskin por breves segundos e aquilo virou uma eternidade. Por alguns momentos tive um vislumbre do passado desta terra. Nosso anfitrião fazia um acordo sinistro com uma mulher. Eu reconheci as roupas dela. Sabia quem ela era, mas por hora, resolvi não dizer nada. Não podia escutar o que diziam, mas podia sentir que ela também possuía uma magia poderosa. Seja qual fosse a troca, pelo olhar de Rumpelstiltskin ele parecia estar saindo no lucro. Foquei novamente na missão quando ele falou comigo. Parecia me conhecer ou saber quem eu era. Isso me deixou em desvantagem e odeio estar em desvantagem!
Rumpelstiltskin nos conta que quem está por traz da magia é o Nada.


Eu já ouvi falar deste adversário, mas apenas em livros arcanos antigos. Se for o mesmo adversário, teremos muitos problemas!

Para detê-lo precisaríamos encontrar 4 artefatos encantados pelo reino e um dos itens me chamou a atenção. A pena das asas de uma feiticeira. Seria a mesma que vi em minha visão? O fato era que parados ali não tínhamos como saber e quando Rumpelstiltskin nos deixou entre dois caminhos precisamos nos separar. Nick tomou as rédeas da situação e deu as ordens. Pelo visto ele seria nosso líder. Resolvi aceitar...por hora!
...Meu nome é Lady Death docinho!
Seguimos por cerca de 1 hora floresta adentro, Nick, John e eu. Paramos apenas devido a um enorme pé de feijão estar plantado bem no meio da estrada.

É sério isso? O que virá depois? João e uma vaca?

De repente minha espada, Pesadelo, começou a vibrar. Havia criaturas mágicas por perto. Surgiram por detrás do gigantesco tronco do pé de feijão. Com certeza não era o João, mas sim, era uma vaca!
...Branca de Neve? Pelo jeito o Príncipe Encantado demorou em encontra-la querida! Você está um pouco podre não está!?


Podre das neves soltou seus pinchers atrás de nós ao mesmo tempo em que John era arrancado do chão por um dragão chinês. Eu conhecia aquele dragão, mas não sabia de onde. Só quando uma nova adversária surgiu e começou a lutar contra Nick é que me dei conta. Aquilo estava ficando divertido. Os anõezinhos possuíam dentes e garras afiadas e eram ferozes nos ataques. Por instinto, Pesadelo assume a forma de uma grande foice. A cada lance de sua afiada lâmina a tentativa era rasgar os anões até as vísceras ficarem à mostra pelo chão. No meio do embate lembrei contra quem Nick lutava!

...Nick cuidado com essa japa. Ela é a Mulan e receio que neste reino ela não seja tão honrada quanto nas histórias!

Nick se aproxima e ficamos de costas um para o outro.

"Temos que acabar com isso rápido, consegue criar um tipo de distração que de uma brecha pra nós subirmos? Eu consigo voar em alta velocidade."


Quando olhei para cima, John parecia ter problemas em enfrentar o cão de guarda de Mulan. Nick estava certo. Tínhamos que subir o pé de feijão.

...Acho que tenho a coisa certa, amore!




Recitando velhos ditos arcanos, invoquei as forças dos animais da floresta encantada. Animais noturnos e sombrios, tantos quantos fossem necessários para distrair nossos inimigos e nos dar o tempo necessário para subir o tronco!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Helena Mayer
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 01/10/2014

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   10.02.15 14:26


John foi extremamente gentil em retribuir meu abraço e também em atender meu pedido, não posso dizer o mesmo dos outros que estavam lá, nenhum deles retribuiu meu aperto de mão, paciência.

Um brilho dourado perpassou o talismã, aquilo chamou minha atenção, escondi-o dentro da blusa preta que usava de gola alta, mas antes disto o tal personagem do contos de fadas dos irmãos Grimm se mostrar interessado. Seu olhar passou faminto pelo talismã, mas seu tom de voz era enganador. Nick fala por mim e o olho com surpresa, talvez nossa última viagem tenha estreitado nosso laços, ainda me sentia triste por saber que não mais veria Ioran. Olhei para ambos com seriedade e falei em tom educado.



— Agradeço aos cavaleiros pela preocupação, mas temos coisas mais sérias com as quais nos preocupar.

O falador nos explica sobre o que está abrindo portais, já tinha ouvido falar do Nada, afinal quem nunca ouviu falar de “Uma História Sem fim”. Tudo que ele falou me fez refletir, principalmente pelo fato de que a magia existe, mas ela não é permitida para qualquer um. De todos nós, creio, a moça pálida era a única detentora de Magia. O falador estava nos pedindo ingredientes para realizar um grande feitiço, mas quem iria conjura-lo? Eram muitas perguntas e decidi não fazer nenhuma delas.

A névoa que nos envolveu nos levou a estrada de Oz. Sorri de canto, sempre gostei muito da Bruxa do Norte, mas sinceramente esperava não encontra-la. Se haviam dois caminhos seria mais rápido seguirmos em equipe e assim nos dividimos. Infelizmente John não foi pelo mesmo caminho que eu, mas tinha certeza que nos veríamos novamente. Olho para trás e vejo que o falador se foi. Sussurro para mim mesmo.

— Você não me engana, mas por hora vou fazer o que você quer.

Seguia pela estrada calada. Não conhecia nenhum dos dois que me acompanhavam e nenhum dos dois se deu ao trabalho de me dizer seu nome ou aceitar meu aperto de mão, apesar de estarmos juntos me sentia sozinha. A floresta por si só metia medo, florestas são medonhas quando não se sabe onde desejar ir, quem dirá uma floresta encantada. Após um tempo de caminhada nos deparamos com um castelo. Um lindo e encantado castelo, será que ali acharíamos algum dos ingredientes? Um castelo poderia esconder um cálice. Seguimos o caminho do Castelo, mas de repente sinto algo espetar meu pescoço e uma leve ardência, levo a mão ao pescoço e faço uma careta, mas o pior estava por vir.

Galhos substituíram meus braços e pernas, meu corpo estava se transformando! Eu estava virando uma árvore. Que droga! O homem de macacão vermelho estava sendo atacado por índios que não morriam, ao invés disto se dobravam e o outro de chapéu foi rapidamente vencido por uma mulher. Olhei seus traços, ela me lembrava do desenho que retratava o descobrimento das Américas. Como estava numa floresta encantada, tudo era possível! Falei alto, antes que ficasse sem boca.


— Você de macacão vermelho, pare de atacar! E você moça, porque está nos atacando? O que fizemos a você? Fomos enviados para conter o Nada. Sabe de alguma coisa? E só pra constar, gostaria de voltar a ser humana.

Torcia para minha rara diplomacia servir para alguma coisa, pois não queria passar o resto da minha vida enraizada na terra maluca dos contos de fadas.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   10.02.15 20:20


Há momentos na vida de um homem em que ele precisa tomar decisões importantes e que podem afetar tudo ao seu redor. Nada é passível de inocência ainda mais onde estamos. Caminhando pela floresta encantada não pude deixar de conter minha euforia. Acabamos de conhecer o Sr. Rumpelstiltskin que pode ser muito útil para mim em breve e fico imaginando tudo o mais que estamos prestes a conhecer. Na caminhada caminho perto da menina, a tal Helena. Caladona, na dela. Parece um pouco com uma colega de cela que tive durante um tempo. Tentei puxar assunto com a menina. Ela era mais alta que eu e beeeem mais jovem, mas parecia ter uma carga emocional similar a minha colega, Selina. Pelo menos ela parecia mais sã que nosso outro amigo ali. Não gosto muito gente com máscaras.


= Não fui totalmente educado com você na entrada da floresta. Desculpe minha indelicadeza. Meu nome é Jervis, mas pode me chamar de Chapeleiro...adoro chapéus hehehehehe. Bom o fato é que conhecer Rumple foi algo épico para mim. Sei muito sobre ele e fiquei extasiado por alguns momentos. Mas e você? O que te motivou a vir nessa empreitada?


Íamos adentrando cada vez mais a floresta e as arvores escureciam e escondia-nos do sol. A noite começava a ter seu papel e junto com ela um vislumbre de um imenso castelo no meio da floresta. Era realmente exuberante à sua maneira claro. De repente a menina ao meu lado leva um back. Um dardo a acertou.


= Oh encapuzado...se prepare que temos companhia!

Bem na minha frente minha nova amiga mudava de forma e assumia algo mais vegetativo, digno da ruiva oxigenada da Era Venenosa! Não lido muito bem com magia, não sou nenhum mago, mas graças ao meu chapéu posso controlar mentes. Dezenas de índios vinham em nossa direção. Tentei criar um embaralhamento psíquico para desestabilizá-los. Foi quando fui ao chão. Uma indígena estonteante foi a responsável. Sendo aquela uma floresta encantada e pelos trajes só podia ser uma pessoa. Pocahontas. Mais sanguinária do que nos contos de fada, mas era ela sem dúvida. Por algum motivo meu poder mental não a afetava e sua lança estava a alguns centímetros do meu pescoço. Helena tentava apaziguar a situação!



= Acredite nela chefa. Não viemos lhe fazer mal algum. Somos os heróis aqui (jamais imaginei que diria isso). Se me soltar lhe faço até um chá!
Dou um sorrisinho meio sem graça e esperava que ela ouvisse nossa pequena líder!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   11.02.15 10:54

O tédio havia tomado conta de Wade naquele momento,tantas pessoas juntas,algumas cheias de si e outras quietas e envergonhadas,então quando todos se separam em grupos ele resolve se juntar a Helena e ao Chapeleiro,pegando um caminho diferente dos outros.Para ele se separar era sempre uma coisa ruim,pois muitos nunca voltaram sempre que se separavam dos demais,era assim em todo filme de terror que ele viu.Em passos calmos Wade leva as mãos a cabeça e saltita enquanto conversa com os demais que se apresentavam.

- Sou Wade Wilson,vulgo Deadpool ou Mercenário Tagarela,nunca gostei de contos de fadas,talvez seja pelo lado macabro que tem ou pelos finais irritantemente felizes.

Assim foi caminhando até encontrar um castelo enorme no coração da floresta,ele acha estranho tudo aquilo,mais como era contos de fadas tudo poderia ser bastante real,ao chegar perto ele olha para cima e suspira calmamente,em segundos quando volta seu olhar para seus companheiros de grupo vê Helena virando uma árvore,o Chapeleiro era derrubado por índios,ao ouvir o que Helena fala Wade se esquiva das armas mágicas laçadas contra ele e então se ajoelha e olha a índia nos olhos.

-Viemos em paz,assim como nossa amiga samambaia ali disse,por favor não queremos lhe fazer mal algum.

Ele olha rapidamente os dois colegas e suspira,após isto o mesmo volta a olhar a líder dos índios nos olhos esperando ela cessar os ataques,mais esperto como sempre foi,Wade estava atento a tudo que se passava ao redor naquele instante.Helena precisava de ajuda,então pela primeira Wade havia se preocupado com alguma pessoa na vida.

-Salve ela,não somos inimigos,se nos deixar explicar tudo acho que poderemos nos entender.Agora a salve....

Aquele sentimento de cumplicidade,havia tomado conta de Wade,seria por efeito da magia do local ou ele estava mesmo voltando ao seu juízo perfeito....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Basco Khassan
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 39
Localização : Beirut - Libano

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   12.02.15 2:28


"Jogue suas tranças"



TOMO V – FI-FA-FU... EU SINTO O CHEIRO!

FLORESTA ENCANTADA... 20 ANOS ATRÁS


CAMELOT É FAMOSO POR TODA A TERRA ENCANTADA PELA HONRA DE SEUS CAVALEIROS E DE SEU REI. ARTHUR GOVERNA O REINO DE FORMA DIGNA E JUSTA E SEUS SÚDITOS O AMAM.



,,,


SEM SABER, ARTHUR SEMPRE É AUXILIADO POR SEU MELHOR AMIGO E ESCUDEIRO... MERLIN! HÁ ANOS ATRÁS, O PAI DE ARTHUR UTHER PENDRAGON BANIU A MAGIA DO REINO E CASTIGAVA COM A MORTE QUALQUER UM QUE USASSE DELA PARA OBTER VANTAGENS. MERLIN É UM MAGO PODEROSO E MESMO ANTES DA MORTE DE UTHER SEMPRE AJUDOU O SEU MELHOR AMIGO. COM A DERROTA DA IRMÃ DE ARTHUR, A PODEROSA FEITICEIRA MORGANA, O REINO VIVIA EM PAZ. ARTHUR TEMIA QUE A MAGIA QUE SEU PAI TANTO COMBATEU, VOLTASSE AO REINO E, POR ISSO, CONTINUOU A EXERCER A VONTADE DE UTHER PROIBINDO-A. EM MEIO A TUDO ISSO, SEU GRANDE AMIGO, O PRÍNCIPE PHILIP PEDE SUA AJUDA PARA ENCONTRAR O REINO DA BELA AURORA E QUEBRAR A MALDIÇÃO PELA QUAL A PRINCESA PASSAVA. ERA UMA MISSÃO ARRISCADA E PARA TANTO, APENAS ARTHUR E MERLIN SEGUIRAM COM PHILIP PELA FLORESTA ENCANTADA. NO MEIO DO CAMINHO SOFREM UMA EMBOSCADA E ARTHUR É FERIDO MORTALMENTE. PHILIP CAVALGA ATÉ O VILAREJO MAIS PRÓXIMO ATRÁS DE AJUDA E MERLIN TENTAVA DE TODAS AS MANEIRAS SALVAR A VIDA DE ARTHUR, PORÉM, SUA MAGIA É INEFICAZ. TUDO PARECIA PERDIDO ATÉ QUE UM HOMEM SURGE NO MEIO DA FLORESTA E OFERECE AUXÍLIO... POR UM PREÇO!



,,,


Quem é você?


Rumpelstiltskin aos seus serviços jovem Emrys


Do...do que me chamou?


Ora vamos parar com os joguinhos. Eu sei quem você é, afinal, magia é o meu forte. Merlin para toooda a corte, mas Emrys para o mundo da magia. Infelizmente sei que seus poderes não pode com o encantamento poderoso que se esconde na ferida do seu rei...e amigo, mas eu posso ajuda-lo!


Faria isso? Pode mesmo salvá-lo?


Claro...mas como bem sabe, meu jovem, toda a magia tem o seu preço!


O que quer? Não tenho ouro se é o que veio buscar.


Meu caro, o que peço é mais valioso que ouro e apenas você pode conseguir para mim. Soube que recentemente os cruzados do seu rei retornaram do Oriente e trouxeram consigo um cálice com presente a Arthur. Dizem que o artefato veio de um reino sem magia!


O cálice de Aqabah!?


Exatamente. Infelizmente não posso entrar em Camelot. Uma magia poderosa protege aquele reino e sei que não é a sua! Tudo o que quero é o cálice e em troca restauro a saúde de Arthur para você. Um preço pequeno, diga-se de passagem!


O que quer com o cálice?


Isto não faz parte do acordo rapazinho, mas saiba que eu sempre cumpro minhas promessas!


RUMPELSTILTSKIN SABIA SER CONVINCENTE QUANDO QUERIA E ARTHUR NÃO DISPUNHA DE MUITO TEMPO. COM A AJUDA DE RUMPLE, MERLIN É TELEPORTADO ATÉ OS LIMITES DA CIDADE. ELE RETORNA A CAMELOT E CONSEGUE O CÁLICE DE AQABAH. MERLIN DESCONFIAVA DE RUMPLE E TENTOU ENTREGAR AO SENHOR DAS TREVAS UM CALICE FALSO, MAS RUMPLE DESCOBRIU O EMBUSTE. MERLIN TENTOU DESFAZER A ARTIMANHA ENTREGANDO O CÁLICE CORRETO... MAS ERA TARDE! RUMPLE POSSUÍA O CÁLICE, MAS TOMOU A AÇÃO DE MERLIN COMO UM INSULTO. QUANDO PHILIP RETORNA, DESCOBRE QUE RUMPLE DEIXOU ARTHUR PARA MORRER!



,,,





HOJE:


OS GUARDIÕES SE DIVIDEM EM DOIS GRUPOS NA TENTATIVA DE ENCONTRAR OS ITENS QUE RUMPELSTILTSKIN MENCIONOU E QUE SERIAM A ÚNICA FORMA DE DETER O NADA, RESPONSÁVEL PELA INVASÃO DA MAGIA DA FLORESTA ENCANTADA EM NOSSO MUNDO. NICK, JOHN E LADY DEATH SE DEPARAM COM UM GIGANTESCO PÉ DE FEIJÃO E TEM PROBLEMAS AO TENTAR DESVENDAR OS SEUS MISTÉRIOS GRAÇAS A BRANCA DE NEVE E SEUS GNOMOS MALÉFICOS E A JOVEM MULAN E SEU DRAGÃO BESTIAL!



NICK = Uma luta épica foi travada entre Nick e Mulan! O som das espadas riscava o ar. Um páreo duro sem dúvida. Mulan afasta-se e sorri! Nick se aproxima de Lady Death para tentar ajuda-la, mas Mulan não se dá por vencida. Ela aguarda a distração de Nick em ajudar Death contra os Gnomos de Branca e num golpe certeiro atingem o ombro de Nick! Um segundo ataque e Mulan faz Nick se desequilibrar e ir ao chão. Ela sobe em cima dele e pega rapidamente uma adaga em sua perna. Qualquer movimento brusco de Nick poderia ser fatal. Mulan aproxima seus lábios do ouvido de Nick e sussurra algo antes de tentar desferir um golpe fatal...

Me...ajude...


JOHN = Enquanto a luta era travada no solo, John, na garupa de Mushu, o grande dragão vermelho de Mulan! Mushu sobe com maestria e rapidez o pé de feijão chegando rapidamente ao topo! Apesar da escama dura de Mushu, John encontra uma brecha e dispara sem dó. Descarrega toda a sua arma na carne vermelha do dragão. Mushu urra de dor de uma maneira insuportável. Seus gritos trazem trovões entre as nuvens. No momento seguinte a grande besta cai no topo do pé de feijão... A entrada de um imenso reino e de um castelo em ruínas, John estava feliz, pois conseguira uma escama de Mushu, porém, quando o chão tremeu... Notou que não estava mais sozinho!

,,,



Um imenso gigante surge à sua frente, atraído pelo grito de Mushu. Ele o agarra e o leva para dentro do Castelo. O gigante prende John em uma gaiola. Outros gigantes lambiam a boca e olhavam para John com satisfação... Pelo jeito ele seria o prato principal daqui a alguns minutos! De dentro da gaiola, nosso herói viu algo que lhe chamou a atenção. Em uma estande tão alta quando uma torre, em relação, ao seu tamanho estava, dentro de uma redoma... a pena encantada!


LADY DEATH = Lutava como podia contra os sete gnomos perversos de Branca de Neve, mas eram muitos e tinham fome. Nick estava tendo problemas com Mulan e isso os atrasaria. Naquele reino todo o tempo era precioso demais para perder com meros ataques incandescidos. Lady apela para seu magnífico dom sobre as criaturas na floresta. Em questão de segundos dezenas de uivos são ouvidos. Rosnados horripilantes e olhos vermelhos surgem na mata.



Uma alcateia de lobisomens famintos vem ao seu chamado! Mas não eram lobisomens comuns... Um deles se destacava. Um grande e feroz lobo branco. Eles dilaceram os gnomos em segundos. Branca de Neve não tem opção senão fugir. Os lobisomens vão ao seu encalço. O grande lobo branco se aproxima de Lady Death e assume uma forma menos assustadora...


,,,


Meu nome é Chapeuzinho Vermelho e sei por que estão aqui. Estão tentando encontrar os itens mágicos para destruir o Adversário...o Nada! No topo do pé de feijão está um dos itens. Os gigantes Guardam a pena das asas de uma antiga fada má chamada Malévola. Dizem que tem grandes poderes por si só. Eles também são os guardiões dos feijões mágicos. Até onde sei, podem abrir portais a outros reinos! Não se preocupe com Branca ela não vai voltar. Nosso problema é Mulan!


ENQUANTO ISSO A ALGUNS KILOMETROS DALI, HELENA, WADE E CHAPELEIRO CHEGAM NO MAIS PROFUNDO DA FLORESTA ENCANTADA E ENCONTRAM UM GRANDE CASTELO ESCONDIDO PELAS ÁRVORES. PARECIA DESABITADO HÁ SÉCULOS, PORÉM, ANTES QUE SE APROXIMASSEM SÃO SURPREENDIDOS POR ÍNDIOS QUE NÃO MORRIAM FACILMENTE E A CHEFE DESTE CLÃ...POCAHONTAS QUE EM NADA LEMBRAVA A DOCE FILHA DE UM CHEFE APACHE DOS CONTOS INFANTIS!



HELENA = Devido ao dardo encantado que recebera nossa amiga estava se tornando parte da floresta encantada. Se continuasse assim, em poucos minutos, seria uma grande árvore como tantas outras. Ao longe podia ver a luta entre Wade e os indígenas e mais à frente o Chapeleiro em maus lençóis com uma lança quase em seu pescoço! Mal podia falar e seu corpo inteiro estava dolorido, devido ao enrijecimento dos ossos e tecidos!


CHAPELEIRO = Tentou controlar a mente dos guerreiros, mas em vão, pois Pocahontas foi mais ágil e o leva ao chão. A lança da guerreira já espetava o seu pescoço e um filete de sangue escorria abaixo do queixo de Jervis!


WADE = Consegue se desvencilhar dos guerreiros e se aproxima de Helena e Chapeleiro. A situação era delicada. Helena estava quase petrificada e Jervis estava prestes a ter o pescoço rasgado.


POCAHONTAS OUVE O PEDIDO DOS TRÊS, MAS NÃO ATENDE DA FORMA QUE TODOS ESPERAVAM. ELA LANÇA UM DARDO EM UM DOS GALHOS DE HELENA QUE SUBITAMENTE VOLTA AO NORMAL. ENQUANTO ISSO, DEZENAS DE GUERREIROS RESSURGEM AO REDOR DE HELENA. TODOS GRITAVAM E URRAVAM COMO VITORIOSOS DE UMA GUERRA. POCAHONTAS LEVANTA O PUNHO NO AR E O SILÊNCIO IMPERA. ELA IA SE PRONUNCIAR.




Sua amiga ficará aqui, conosco. Vocês devem entrar em ruínas e trazer uma pessoa que está lá presa! Está no alto da torre mais alta! Ela ser princesa e amiga. Está lá há anos. Uma maldição me impede de ajuda-la. Muitos tentaram e fracassaram. Se conseguirem terão a sua amiga de volta. Se falharem ela morrerá no lugar de vocês.




SEM MUITAS ALTERNATIVAS, WADE E CHAPELEIRO ADENTRAM O VELHO CASTELO ENQUANTO HELENA ESTAVA NAS MÃOS DE POCAHONTAS.
O CATELOS ESTAVA EM RUÍNAS REALMENTE. PELO VISTO NINGUÉM SE APROXIMAVA DELE HÁ SÉCULOS. NO MEIO DA PRAÇA PRINCIPAL UMA IMENSA TORRE SEM PORTAS EQUIVALENTE A UM EDIFÍCIO DE 30 ANDARES, E COM UMA ÚNICA JANELA EM SEU TOPO ERGUIA-SE MAJESTOSA. LÁ ESTAVA QUEM PRECISAVAM SALVAR! NECESSITAVAM DAR UM JEITO DE SUBIR E RÁPIDO.
NA FLORESTA, POCAHONTAS SORRIA. HELENA NÃO ENTENDIA QUAL ERA A PIADA ATÉ A GUERREIRA REVELAR ALGO SURPREENDENTE.





Seus amigos não voltarão vivos das ruínas. Aquele já foi um dos castelos mais belos de todo o reino até que a rainha lançou uma temível maldição sobre a própria filha e a prendeu na torre para sempre. Não menti quando disse que ela era minha amiga. Ela salvou minha vida há anos atrás, antes de sua maldição, mas agora o Adversário está a caminho. Ela vai se casar com ele. Está prometida a ele. O poder dos dois levará nosso reino em definitivo ao seu mundo garotinha. Surpresa? Pois não fique. Muitos considerados heróis por aqui no passado sucumbiram por vontade própria ou se tornaram vilões através da magia do Nada! Sabemos sobre o seu mundo. Em breve nosso reino encantado o invadirá. Exterminaremos cada homem, mulher e criança do seu reino garota e a magia reinará em absoluto. Agora chega de conversa? Para que esperar por eles não é... MATEM-NA!


OS GUERREIROS SE APROXIMAVAM DE HELENA E A ENCURRALAVAM EM UMA ÁRVORE. MUNIDOS DE MACHADINHAS E LANÇAS A SEDE DE SANGUE ERA NÍTIDA EM SEUS OLHOS. QUANDO O PRIMEIRO GOLPE SERIA DADO, UM DARDO ATRAVESSA O OLHO DO GUERREIRO INDÍGENA. UMA BOMBA DE GÁS CAI EM SEGUIDA, NO MEIO DOS GUERREIROS, DISPERSANDO OS VILÕES. UM SEGUNDO ATAQUE CONTRA POCAHONTAS ABRE UM BURACO COM UMA BALA DE CHUMBO, DO TAMANHO DE UMA BOLA DE BASEBALL NO SEU CORPO! A JOVEM ÍNDIA DESPENCA AO CHÃO DE JOELHOS COM AS VÍSCERAS À MOSTRA E AINDA INCRÉDULA COM O QUE ACABARA DE ACONTECER! OS RESPONSÁVEIS POR ISSO AJUDAM HELENA A SE LEVANTAR E A ACALMAM




Não se preocupe. Fomos enviados para ajuda-los. Meu nome é Maria e aquele é meu irmão... João!





ENQUANTO ISSO... EM NOSSO MUNDO...

SANTUÁRIO DE ATHENA. GRÉCIA!


UM PORTAL DIMENSIONAL ABRE-SE NOS LIMITES DO ANTIGO SANTUÁRIO GREGO! DENTRO DELE UMA DAS MAIS ATERRORIZANTES CRIATURAS SURGE E TRAZ PÂNICO AO VILAREJO AOS PÉS DO GRANDE MONTE. A MITOLÓGICA MEDUSA NÃO PERTENCE A ESTE MUNDO, PORÉM, O PAVOR QUE PERMEIA O SEU RASTEJAR É BEM REAL. TODOS OS QUE OUSAM LHE ENCARAR SÃO TRANSFORMADOS EM PEDRA RAPIDAMENTE. PARA TENTAR DETE-LA O DOUTOR ESTRANHO CONVOCOU A IRLANDESA MEGGAN E A JOVEM X-MEN FADA! DUAS MULHERES EXPERIENTES NAS ARTES MISTICAS. SUA MISSÃO ERA IMPEDIR QUE A MEDUSA ESPALHASSE O TERROR, SE POSSIVEL A ENVIASSE DE VOLTA AO REINO ENCANTADO.



...



QUANDO CHEGAM À GRÉCIA ENCONTRAM TRÊS ESTRANHOS COM ARMADURAS DOURADAS DUELANDO COM A MEDUSA. FADA DIZ A MEGGAN QUE NÃO SENTE NELES NADA DE MÁGICO, MAS QUE ESTRANHAMENTE DETINHAM UM GRANDE PODER. MEGGAN ENTÃO SE APROXIMA DO TRIO E EXPLICA QUE A MEDUSA ERA APENAS A PONTA DO ICEBERG. DEZENAS DE PORTAIS ESTAVAM SE ABRINDO PELO MUNDO E CRIATURAS DE REINOS MÍSTICOS ESTAVAM ATRAVESSANDO. FADA REVELA QUE UMA EQUIPE FORA ENVIADA A ESTE REINO ENCANTADO PARA CONTER A MAGIA E IMPEDIR QUE CRIATURAS COMO ESSA ESCAPASSEM. NO MEIO DA BATALHA, UM DOS JOVENS DECIDE ATRAVESSAR O PORTAL POR ONDE A MEDUSA SURGIU, E AJUDAR A EQUIPE DOS GUARDIÕES DA HISTÓRIA. ELE... ERA O SÉTIMO MEMBRO! MEGGAN E OS DEMAIS MANTINHAM A MEDUSA OCUPADA ENQUANTO FADA E O CAVALEIRO DE ARMADURA DOURADA VÃO EM DIREÇÃO AO PORTAL. FADA MANTINHA O PORTAL ESTÁVEL ATÉ QUE O BRAVO CAVALEIRO ATRAVESSA!





NO REINO ENCANTADO O CAVALEIRO SURGE EM UMA ANTIGA FLORESTA CHEIA DE PERIGOS E DESAFIOS E PRECISAVA ENCONTRAR O RESTANTE DA EQUIPE, PORÉM, TEM UMA RECEPÇÃO NÃO MUITO CALOROSA...CENTENAS DE ORCS VINHAM EM SUA DIREÇÃO. FEROZES E FAMINTOS O ATACAM SEM PIEDADE...ELES QUERIAM DEVORÁ-LO!



...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Basco Khassan
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 408
Data de inscrição : 30/06/2014
Idade : 39
Localização : Beirut - Libano

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   12.02.15 3:33

CHAT!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nick Bartowski
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 323
Data de inscrição : 15/11/2014
Idade : 22
Localização : Las Vegas / USA

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   12.02.15 3:36




As investidas de Nick não foram suficientes, Mulan conseguiu desviar do golpe certeiro e investiu logo em seguida pela direita de Nick não tao bem guardada, o suficiente para afasta-lo ainda mais, estava chegando cada vez mais perto de Lady com as investidas que a inimiga desferia. Foram muitas, por todos os lados e em todas as direções, a velocidade era alta e o som do metal era predominante, os ouvidos do pirocinetico tiniam a cada golpe trocado entre Amaterasu e a espada inimiga. Em um descuido Nick perde a troca e a lamina afunda em seu ombro direito, a força da espada em sua carne o faz cair no chão indefeso com o golpe, mas não totalmente, a lentidão de Mulan foi proposital? Estava ela sendo controlada? Suas palavras invadiram a mente do vingador em uma velocidade extrema e tudo que ele conseguiu pensar nos próximos segundos se resume as seguintes palavras. - FLAME ON - O corpo de Nick deixou de ser matéria e passou a ser plasma em um instante, a transformação acarretaria uma explosão de nível médio o bastante para jogar a inimiga longe, agora por ser plasma a espada desferida em seu ombro já havia derretido completamente, a dor ainda existia mas o fogo sobrepujara cauterizando a ferida em milésimos de segundo

Era hora do contra ataque e Nick estava disposto a ajudar Mulan. Movimentou sua mão feita de plasma em direção a inimiga e agarrou seu corpo, com a temperatura em que se encontrava todas as reações naquele corpo morto foram de desintegração total, a carne necrosada foi passada para a brasa em instantes, fazendo com que sobrasse apenas pó negro. - Descanse em paz. - O vendo levou os restos de Mulan enquanto o corpo de Nick voltava par ao estado de matéria, mimetizar fogo sempre foi uma tarefa cansativa mas ele ainda tinha muito que fazer naquele lugar. Não percebeu que os outros inimigos também tinham sido aniquilados e uma figura, uma moça, parecia querer ajudar a recuperar o artefato perdido. - Temos que ajudar o Jonh, AGORA. - Foi até as moças e segurou envolveu as duas pela cintura, com cada braço. - Se segurem garotas. - O fogo surgiu em seus pés e ele saiu em disparada na direção que Jonh foi levado, se tudo estivesse certo acabaria na toca de um gigante no alto de um pé de feijão magico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   12.02.15 12:28


SANTUÁRIO DE ATHENA




Desde que voltamos da morte, após a batalha contra Hades, tudo está na mais perfeita paz. Nem parece que já faz um ano. Tudo deve estar onde deve estar. Do alto da 11ª Casa é possível contemplar todo o santuário de Athena. Nossa amada Saori, por sinal, está no vilarejo aos pés do santuário visitando os aldeões. Fico tranquilo sabendo que Milo a acompanha. Ela parece não ter superado a perda de (pausa).
  No grande salão da casa de Aquário eu sou o guardião, mas ainda tenho minhas obrigações além de guarda-la. Com a morte de Hyoga é necessário treinar um novo cavaleiro para usar a armadura de Cisne, mas confesso a estas grandes paredes o quanto isto está sendo difícil. Às vezes esta casa pode ser solitária demais. Mas o que é aquilo?
Corri rapidamente para a entrada da Casa de Aquário uma grande explosão do outro lado da montanha. Havia algo de diferente naquela explosão. Uma presença maligna! Eu não tinha autorização para deixar a Casa de Aquário, mas o elo criado por Shaka nos alertou a todos sobre o perigo do que estava por vir.

☼Aioros de Sagitário, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário! Com meu elo mental alertei Athena e todos os cavaleiros de ouro sobre o que acabou de acontecer e ela já está retornando ao santuário. Ela ordenou que vocês três seguissem para o outro lado da montanha e investiguem o que caiu nos limites de nosso refúgio! Irei guia-los mentalmente!☼


Seguindo as ordens de Athena e as orientações de Shaka, Shura, Aioros e eu chegamos a frente da explosão. A cratera era imensa, mas não houve uma grande explosão em proporção ao que vimos. O mais estranho foram as dezenas de estátuas de pedra em agonia ao redor! Foi quando presenciamos o aparecimento de um estranho ser de dentro da cratera. Não acreditamos quando a vimos. A Medusa em pessoa! Aioros tentou acertá-la com sua flecha dourada, mas teve um braço e uma perna transformado em pedra em segundos. A Medusa com sua grande cauda de serpente nos cercava de todos os lados. Shura e eu atacamos juntos, mas ele também tombou. Sua excalibur estava inutilizada. Aquilo era magia.





Foi quando um segundo ataque distraiu a criatura. Duas mulheres sem máscara a atacavam e a faziam recuar. Usavam de magia para detê-la! A garota com asas como uma borboleta nos conta que a Medusa vinha de outro reino e que o perigo poderia ser maior no mundo todo caso os portais não fossem fechados. Sei que logo os outros cavaleiros viriam ajudá-las então decidi atravessar o portal de onde a Medusa veio. Se havia uma equipe de bravos soldados naquele mundo como a jovem disse, eu me juntaria a eles antes que o Santuário e Athena corressem mais perigo. A menina entendeu e ajudou. Enquanto sua amiga mantinha a criatura ocupada, aquela fada mantinha o portal aberto para que eu pudesse atravessar. Pouco antes eu ouvia a voz de Shaka na cabeça:
☼Camus, o que está fazendo? Estamos indo ajudá-los. Não atravesse esse portal!☼


☼Lamento Shaka, mas é o único jeito. Preciso impedir que novas criaturas como essa invadam o Santuário!☼
   

O lugar era diferente de tudo que eu já tinha visto antes! Uma densa floresta repleta de magia. Era escura e o sol não conseguia passar seus raios dentre as copas das árvores. Comecei a caminhar na estrada principal em busca dos outros guerreiros que ali também estavam. Infelizmente não fiquei sozinho por muito tempo. Dezenas das criaturas mais horrendas que eu já havia visto surgiram do nada e corriam até mim com ódio nos olhos. Teriam vindo do submundo? Não tinha tempo para indagações fúteis. Aguardei eles chegarem próximos o suficiente. Eram animais irracionais. Não tinha o porque teme-los. Com apenas um gesto, os ataquei com o Pó de Diamante na tentativa de congelá-los em segundos. Se funcionasse, continuaria a correr em frente floresta adentro até encontrar o grupo!

☼Venham seus vermes! Venham me atacar................................PÓ DE DIAMANTE!☼




Voltar ao Topo Ir em baixo
Helena Mayer
Jogador assíduo
Jogador assíduo
avatar

Mensagens : 119
Data de inscrição : 01/10/2014

MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   13.02.15 20:41


Diálogo com Chapeleiro e Wade

Talvez alguns ali tenham o poder de ler pensamentos ou talvez tenha sido a necessidade da caminhada, afinal estar numa missão daquelas e ainda não ter diálogo seria complicado. A verdade é que agora sei o nome das duas pessoas que me acompanham. Chapeleiro e Wade. Duas figuras engraçadas. Respondi a ambos.

— Prazer em lhes conhecer.

Não sorri e continuei nossa caminhada.

Momento green

A dor era insuportável. Meus ossos estavam sendo esticados e minhas cartilagens pareciam arrebentar, sinceramente não era uma sensação agradável. Tornei-me alta o suficiente para ver que os dois que me acompanhavam estavam em maus lençóis. Do fundo do meu coração pedia que minha diplomacia funcionasse, acho que ainda tenho coisa demais pra fazer nesta vida.
Senti a picadinha em um dos meus galhos/braço e alívio ao ver que havia voltado ao normal. A índia sanguinária a minha frente parecia ser poderosa, pois calou a arruaça erguendo  punho. Olhei aquilo apreensiva e pensei com meus botões.

“ Se as princesas se transformaram em guerreiras sanguinárias o que aconteceu com os vilões?”


Engoli em seco e não ousei protestar ao saber que seria uma refém. Não conhecia os dois que me acompanhavam, mas era bom que fossem o que diziam ser, pois minha vida estava nas mãos deles.

A expressão de satisfação da índia me deu certo medo, vilões quando sorriem não é um bom sinal. E assim que ela abre a boca tenho certeza disto. Uma armadilha, mas por quê? Qual era o objetivo? A única pessoa que me lembro que vivia numa torre alta era a Rapunzel. Será que ela virou uma vampira e precisa de comer humanos? Eu estava tentando apenas distrair minha mente, pois sentia que, infelizmente, a morte estava bem próxima. Olhava aqueles guerreiros e meu coração batia mais forte. Estava sem ação. Fechei os olhos e respirei fundo, se ia morrer seria com honra. Esperei o golpe, mas ele não veio. O que veio foi um dardo que atravessou o olho do meu algoz. Um pouco de seu sangue espirrou em meu rosto, que nojo!

Uma fumaça envolve os outros guerreiros e Pocahontas recebe o retorno de sua maldade. Olhei aterrorizada na direção dela. Nunca mais veria os contos de fadas com os mesmos olhos. Fiquei imóvel e sinceramente esperava o pior.





Segundos que pareceram anos se passaram e meus salvadores me ajudaram a ficar de pé. A bela moça falou num tom suave que veio para me ajudar e me apresentou seu irmão. Olhei para ambos e balancei a cabeça confusa.




— Helena, prazer em conhecê-los.  Vocês são os personagens da história da casa de doces? Puxa, vocês cresceram! Obrigada pela ajuda, mas meus dois colegas entraram naquele castelo. Preciso ir lá resgatá-los, pois é uma armadilha. Sabem me dizer se aquele é o Castelo da Rapunzel? Podem vir comigo?

Esperava que os dois me acompanhassem. Seria de grande ajuda, pois eles conheciam aquele mundo melhor que eu. Tinha apenas minha hambô e até o momento, o colar não fez nada pra me proteger daquele lugar maluco.


Última edição por Helena Mayer em 14.02.15 19:22, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   14.02.15 19:21

Depois de ser “abduzido” pelo grande dragão chinês, John fez aquilo que melhor sabia fazer: atirar. Principalmente quando era pra atirar como se não houvesse amanha. “montou” no dragão e entre uma das aberturas de sua carapaça dura disparou toda a arma. Por sorte, atingira alguma veia ou órgão importante, pois a criatura urrou de dor, fazendo seus berros ecoarem por todo seu. Ainda assim, continuou voando até o destino. “Eita bichano maldito!”

O destino era uma espécie de casa do alto do pé de feijão. Cuidada por gigantes. Não demorou para ser levado até lá. Contudo, a criatura não teve tempo de levar a “encomenda”. Por isso, John foi caminhando para dentro, até que foi surpreendido ao ver um dos gigantes. Não poderia enfrenta-lo, sua arma estava sem balas,  e levaria alguns instantes para carrega-la completamente com as balas que carregava no cinto. Virou-se e tentou correr, mas o enorme braça da criatura o pegou. Espremendo-o, colocou-o em uma gaiola como um passarinho. Por sorte não verificou seus bolsos, onde havia um pedaço da escama da criatura. Estreitando os olhos, viu uma pena, a pena que poderia ser a mencionada por Rumple. Por enquanto, não tinha o que o cawboy pudesse fazer. Mas esperava que Nick e Lady tivessem se saído bem e que venham logo em seu resgate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   15.02.15 12:23

Depois de Pocarrontas,ter salvo Helena,o mercenário se acalma e cruza os braços,assim sorri por baixo da máscara enquanto a índia guerreira falava com eles sobre o castelo e sobre Rapunzel,assim ele se vira e olha a torre gigantesca,aqui não o assustava apenas aumentava sua curiosidade,depois tornou a se virar para a índia e a respondeu enquanto olhava a mesma nos olhos.

- Se matar Helena,cortarei cada membro seu,e farei suas tripas um colar chique da minha grife Wade Wilson....faremos o que pede.

Assim Wade caminha levando o Chapeleiro consigo,rumo ao torre,quando chega lá Wade pega um grande cipó enquanto o junta com outro que havia cortado após ter pego este,assim vai amarrando um no outro até que usa um sai como gancho de alpinismo,e vai subindo na torre com cuidado,sabia que qualquer deslize o mesmo poderia cair e ter uma bela dor,embora fosse praticamente imortal,ainda sim sentia dor.Então ele continua fincando o sai nos tijolos um por vez enquanto deixa o chapeleiro lá em baixo,Wade para e olha o companheiro que estava pequeno já devido a altura em que o mercenário se encontrava,ainda se mantinha escalando de um lado para o outro como fez em uma missão na Sibéria,para descontrair ele começa a cantar um pouco.

- Eu bem que te avisei..pra não levar a sério,nosso caso de amor oooooh !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   19.02.15 2:43

E eles vieram ao meu auxílio. Confesso que esperava morcegos, coiotes ou corvos, mas fiquei satisfeita com aqueles lobisomens! Fariam qualquer cão infernal ficar com inveja pela maneira como destrincharam aqueles pestinhas! Enquanto Branca de Neve fugia e os lobos a perseguiam floresta adentro, a líder da alcateia tomava uma forma mais convidativa e que em nada lembrava as história de ninar!

Ora vejam só isso sim é uma surpresa. Chapeuzinho Vermelho!

Chapeuzinho explica sobre o item magico no alto do pé de feijão e, de como era de se esperar, tinha um gigante (na verdade ela disse isso no plural). Quando ia perguntar onde Nick estava, senti algo diferente no ar. No minuto seguinte, Nick agarra Chapeuzinho e eu pelos quadris com tanta força que achei que ia desloca-la do lugar!

Hei, vai com calma aí garotão assanhadinho! Nem marcamos um encontro a três!...... Nick preciso te dizer. Alguém atravessou um portal para cá. Foi rápido! Senti a quebra da magia por alguns segundos. Pelo visto ou teremos um aliado ou mais problemas! Ah e mais uma coisa, a pena que precisamos está lá em cima e tem mais de um gigante pelo que nossa colega acabou de me contar. A propósito. Chapeuzinho Vermelho, este é meu colega do bando, Nick essa é A Chapeuzinho e ela É o lobo!

A subida foi rápida e em questão se minutos estávamos frente a frente com o que restou do dragão de Mulan. Mais uma vez olhei sorrateiramente para Nick.

Vi sua luta lá embaixo! Muito sexy como maneja a espada!

Antes que uma resposta fosse dita, chegávamos à frente do Castelo gigantesco. Aterrissamos na beirada de uma das grandes janelas laterais de onde podíamos ver parte do salão principal. Realmente era mais de uma criatura. Logo avistamos John enjaulado. Decidi ajuda-lo. Para isso pedi a Nick e Chapeuzinho que distraíssem os gigantes enquanto eu conseguia me aproximar da jaula onde John estava!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   20.02.15 3:07

Momentos inesquecíveis da minha vida:

Meu primeiro chapéu,
Minha estadia rápida em Arkham,
O filme 2012;
E essa maluca de pedra com uma lança no meu pescoço.

Pelo visto meu controle mental não surtiu efeito sobre a garota e isso era mal, levando em conta que o meu pescoço é que estava na linha de frente! Perguntei se ela realmente iria matar um pobre homem de chapéu e a psicopata só me olho de cima com dessem. E depois eu é que sou louco! Adoraria fazer um chazinho para ela. Algo simples e indolor! Nossa querida Pôca nos faz uma proposta. Entrarmos nas ruinas do castelo e trazer uma amiguinha dela de lá em troca da vida de Helena. Em outras ocasiões eu daria de ombros e sairia em disparada floresta a fora. Com certeza minha doce Alice já esperava minha chegada, porém, sentia que não poderia fazer isso com nossa pequena amiga. Wade ajuda-me a levantar e decidimos ir até o castelo – ou o que restou dele – e localizar a amiga da chefe apache que se encontrava – pasmem – no alto de uma torre. Wade começa a subir e me deixa para trás. O patife egoísta nem para me levar de carona oras! Começei a falar alto. Minha voz ecoava ao redor das velhas ruínas.
= Waaaaaade, não era mais fácil pedir para a criatura aí de cima jogar as tranças? Que foi? Vai dizer que não se tocou? Torre alta? No meio da floresta...floresta encantada.  Se não for a Rapunzel que você encontrar ai em cima, juro que não me chamarei mais Jervis e .... hum, cogumelos!



Deixei meu amigo Chapolin fazer o trabalho enquanto eu confiscava alguns cogumelos selvagens para um chá mais tarde. Acho que todos iríamos precisar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
RPG JOGOS :: Geral :: QUESTS FINALIZADAS :: GUARDIÕES DA HISTÓRIA 3 - CAMINHOS DA FLORESTA-
Ir para: